Governo de Goiás

Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos

Procure o que você precisa:
Terça, 16 de Outubro de 2018
Notícias
Espaço Secima no Fica mobiliza escolas da cidade de Goiás
11/06/2018 18h39 - Atualizado em 12/06/2018 08h30
Foto: Crianças no Espaço Secima

Durante a 20ª edição do Festival Internacional de Cinema Ambiental, a Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) realizou atividades relacionadas à educação ambiental e à sustentabilidade. Entre os dias 6 e 9 de junho, o tradicional Espaço Secima, instalado no Quartel do XX, recebeu mais de 500 alunos para mostra de filmes com temática ambiental, palestras sobre sustentabilidade e sobre a igualdade de gênero dentro da perspectiva dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Pela quinta vez, o Circuito Tela Verde (CTV), do Ministério do Meio Ambiente (MMA), foi lançado nacionalmente durante o Fica, dentro do Espaço Secima. Com filmes tratando sobre agricultura familiar, resíduos sólidos, recursos hídricos, fauna e flora, comunidades tradicionais, desperdício, consumo e sustentabilidade, a mostra do Circuito foi exibida para mais de 300 alunos das escolas vilaboenses. De acordo com a representante do MMA, Ana Luísa Campos, a 9ª edição do CTV conta com 26 filmes selecionados de documentários, ficção e animação. “Lançar a edição de 2018 do CTV em Goiás, cidade Patrimônio Histórico da Humanidade, dentro do Festival Internacional de Cinema Ambiental, é ótimo. A relação é excelente”, disse.

As palestras sobre igualdade de gênero e empoderamento de mulheres e meninas, ministrada pela presidente do Conselho Estadual de Juventude, Aava Santiago, foram direcionadas ao público do Ensino Médio. Foram tratados assuntos como a desigualdade de oportunidades, o assédio moral e sexual, o enfrentamento cotidiano de dificuldades herdadas de uma sociedade machista e a violência doméstica.

Para Mariana, estudante que participou da palestra, o tema discutido é de interesse de todos. “Quanto mais a gente ouve que precisa denunciar abusos e ouve histórias de vida de outras pessoas, mais a gente se conscientiza”, afirmou. De acordo com Lúcia Souza, professora que acompanhou a palestra, a palestra enriquece a programação da Secima no Fica. “Na escola, depois de ouvir a Aava, o diálogo sobre a desigualdade de gênero continua e nós já temos percebido mudança na atitude dos meninos e meninas, desde o ano passado”, disse.

Nesta edição do Espaço Secima, a Mostra Ambiental Escolar, desenvolvida pelo departamento de Educação Ambiental da Secima, rodou filmes dos alunos dos colégios da Polícia Militar de Goiás José Carrilho, do município de Goianésia, e João Augusto Perillo, da cidade de Goiás, produzidos a partir da proposta das oficinas de cinema ambiental ofertada pela Secima, em 2016. A Mostra premiou oito filmes com menção honrosa nas categorias: tentativa e esforço na construção de uma linguagem cinematográfica; criatividade e originalidade na produção do filme; visão abrangente e exploração do tema; e busca e questionamento da temática ambiental.

Para o Major Romão, a produção dos filmes pelos alunos é positiva porque gera pesquisa e conhecimento. “No processo de produção, os primeiros a se conscientizarem são os alunos que estão pesquisando e aprendendo para tratar os assuntos no filme”, afirmou. Vitória Almeida, aluna participante da Mostra, disse que ter seu filme exposto para os colegas é satisfatório. “A gente se orgulha do nosso trabalho sendo exposto”, relatou.

 

Parcerias

Em parceria com a Prefeitura de Goiás, a Secretaria ofereceu a Secima Itinerante, com serviços de licenciamento ambiental e de mineração, outorga e denúncias, além da doação de mudas de árvores nativas do Cerrado. A estrutura foi montada na tenda Goiás, município saudável e sustentável, instalada na Praça do Chafariz, são oferecidos. De acordo com Daniel Rezende, coordenador da ação, foram doadas doadas 1,5 mil mudas de árvores nativas do cerrado e realizados 40 atendimentos do Vapt Vupt Ambiental.

Para a secretária municipal de Meio Ambiente, Ana Cláudia de Lima Silva, há muitos processos para a exploração do meio ambiente solicitando licença para desmatar, mas ver pessoas formando filas para receber mudas de árvores a deixou otimista. “A nossa esperança se renova. Esperamos que todos os que receberam as mudas plantem e que isso torne os nossos micro e macro clima melhores”, declarou.

Em parceria com a Secima, a Associação Ambiental pela Vida Sustentável Social (AAMVISS) realizou o Sacolão Sustentável. A tenda, armada na Praça do Chafariz, ofereceu oficina de desenho e reutilização de materiais recicláveis, além da troca por hortifruti por recicláveis. De acordo com a representante da Aamviss, Nilva Ribeiro, passaram pela tenda 596 pessoas, que doaram quase 1,3 mil kg de recicláveis. Em troca, foram entregues 830 kg de alimentos, 480 pomarolas e 460 mudas de árvores nativas do Cerrado, sendo 200 da Secima.

Comunicação Setorial da Secima

Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Rua 82, n° 400, 1° Andar, Setor Sul - 74.015-908 - Goiânia - GO

© Copyright 2014. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento