Governo de Goiás

Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos

Procure o que você precisa:
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Notícias
Energia solar no Minha Casa Minha Vida
17/11/2017 12h04 - Atualizado em 29/11/2017 15h57

As moradias contratadas no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida agora contarão com energia solar. Publicada no Diário Oficial da União, a Portaria nº 643, do dia 13 de novembro de 2017, estabelece a utilização de “sistemas alternativos de geração de energia” e busca criar condições para a utilização desses sistemas, visando à sustentabilidade ambiental dos empreendimentos e eficiência energética, com a consequente redução de custos aos futuros moradores.

Além da energia solar, compõem os sistemas alternativos a biomassa, a energia eólica, energia oceânica e outras que vierem a integrar o Sistema Elétrico Brasileiro. Todavia, a geração solar é a que mais se adequa ao tipo de empreendimento de moradias residenciais, devido à facilidade de instalação e a possibilidade de se criar microusinas em casa unidade habitacional.

No âmbito estadual isso já é realidade. O Projeto Casa Solar foi o primeiro a estabelecer a instalação de painéis fotovoltaicos em residências voltadas para programas habitacionais. Gerido pela Agehab, o pioneirismo goiano concretizou práticas inovadoras para o setor solar fotovoltaico em comunidades de baixa renda. As primeiras unidades habitacionais com o sistema de geração de energia solar já foram entregues pelo governo do Estado. O Projeto Casa Solar é um desdobramento do Programa Goiás Solar, sob responsabilidade da Secima, de incentivo à geração da energia fotovoltaica, por meio da eliminação do ICMS e do incentivo à construção de micro e pequenas usinas. Em 2017, o número de unidades geradoras de energia fotovoltaica entregues pelo governo estadual foi de 189, sendo 149 em Pirenópolis e 40 em Alto Paraíso. O município de Caçu vai receber 270 unidades e outras 740 estão previstas em duas etapas para Palmeiras de Goiás. Conforme o assessor técnico da Agehab, Leandro Kazuaki Tsuruda, há diversas prefeituras interessadas em formalizar parcerias com o projeto. “Todas as experiências são positivas. Moradores relatam a economia de até R$ 800,00 por ano”, comenta.

O Programa Goiás Solar é a primeira iniciativa governamental de incentivo à geração de energia solar fotovoltaica no Brasil, e a Portaria do Governo Federal mostra que o sucesso do exemplo goiano tem repercutido no País.

Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Rua 82, n° 400, 1° Andar, Setor Sul - 74.015-908 - Goiânia - GO

© Copyright 2014. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento